pala

delícia quando a palavra vai beliscando os dentes e escorrega no lábio dá passos de dança na língua desliza para a garganta passando pés no céu da boca como que sorrindo de ser criança que não tem a mínima noção preocupação ilusão do tempo que importa se ela morde a própria boca a palavra livre leve louca a palavra que desliza e rasga que seduz e prega que acalenta e ataca. desata na garganta amaciando aldravas. pousando unhas nas margens. caçando angústia na fonte. a palavra morde molda emula. imita. mimese driblando o referente. a palavra encerra e enleva a palavra. isca.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s